Skip links

Construção: negociação salarial via sindicato ganha força

O SINCAF reuniu associados dos segmentos de Construção Civil, Construção Pesada, Instalações e Pinturas e Decorações para avaliar a proposta recebida do Siticecom quanto à Convenção Coletiva de Trabalho 2022/2023.

Durante a assembleia, o presidente do SINCAF, Renato Hachich Maluf, reforçou a importância de a negociação salarial passar pela entidade patronal.

“Ao longo do tempo, nosso sindicato reuniu conhecimento para que o Acordo Coletivo de Trabalho tenha o melhor resultado para empresas e colaboradores. Anualmente, utilizamos esse conhecimento, ao mesmo tempo em que revisamos as questões pontuais, muitas delas características da época da negociação”, citou Renato.

Atualmente, uma das questões que pesam nos contatos com os sindicatos de trabalhadores é a inflação. Os benefícios também passam por avaliação. “Levamos à mesa de negociação a situação das empresas, com um cenário que deve influenciar a decisão final”, afirmou.

Com essa estratégia, os resultados sempre são positivos. Nenhuma negociação realizada pelo sindicato patronal gerou disputa judicial, situação que é desgastante para empresas e colaboradores, além de suas entidades representantes.

A assembleia ocorreu no último dia 3 de maio, na sede do SINCAF. Havia representantes de empresas dos quatro segmentos que estão negociando o acordo. Além de Renato, o sindicato patronal foi representado por seu diretor Mário Sérgio Lala e pela assessora técnica Mary Dalva Leme Fiorentini.

A próxima etapa será o debate com o Siticecom. Essa negociação ganha força não apenas por juntar quatro segmentos representados pelo SINCAF, mas também por serem alguns dos que mais empregam – como a Construção Civil e Pesada. Daí a importância da participação dos associados. Em caso de dúvida, fale com o SINCAF pelo telefone 3451-3665, ou envie e-mail para contato@sincaf.com.

Deixe um comentário