SINCAF acompanha apresentação de projeto para área da Cia. União

O presidente do SINCAF, Mário Sérgio Lala, acompanhou a apresentação do projeto para área que abrigou a refinaria de açúcar da marca União. A apresentação ocorreu na Prefeitura de Limeira, no último dia 5.

Lala esteve presente a convite do prefeito Mario Botion.  Segundo a proposta, a área deverá nos próximos anos receber investimentos residenciais, comerciais e de serviços, informa a prefeitura.

“Conversas com a empresa proprietária da área vêm sendo realizadas desde o início da nossa administração”, disse Mario Botion. “As tratativas evoluíram de forma significativa e um amplo investimento está sendo previsto para o imóvel”, complementa.

“Apoiamos iniciativas que tragam o desenvolvimento da cidade, com qualidade de vida”, disse Lala. O projeto apresentado abrange o conceito de “cidades inteligentes”. O futuro complexo estará interligado a itens como conexões viárias e urbanísticas.

Nessas conexões, participarão universidades e entidades como Acil, Sicomercio, Ciesp/Fiesp e o próprio Sincaf, entre outras. O complexo ainda manterá vínculos com programas, arranjos e projetos – no caso, cidades sustentáveis, arranjos produtivos locais e com “cidades inteligentes”.

“Com o projeto, bairros como a Boa Vista e Vila Camargo terão um novo aspecto de revitalização”, afirmou o prefeito. Há aproximadamente 10 anos a área segue sem uso.

O arquiteto André Blanco, do Instituto Ambiental Total, e contratado da HBS Participações – grupo proprietário da área que pertenceu a Coopersucar – fez a apresentação dos projetos e investimentos previstos para o espaço, denominado de “Cidadela União”.

Anúncio de projeto reuniu lideranças e imprensa: buscando investimentos 

Blanco é professor da Unip e em trabalho com alunos já vinha desenvolvendo projetos de ocupação visando utilização daquele espaço com residências e atividades comerciais. A proposta coincidiu com interesses do grupo proprietário da área, o que resultou no projeto apresentado.

De acordo com Blanco, os investidores pretendem estabelecer parcerias para viabilizar negócios imobiliários na ordem de R$ 600 milhões e de comércio e serviços que totalizem mais R$ 400 milhões. Além disso, são discutidos a construção de um terminal intermodal e de uma nova rodoviária para o espaço. Todo o complexo também prevê um espaço para área verde.

O arquiteto Eduardo Guerreiro, da Wallz Arquitetura e Design, também contratada da HBS, informou que estão previstas 1.700 unidades residenciais que contemplem interessados de todas as faixas de renda.

Legislação

A HBS, de acordo com Blanco, deverá iniciar os investimentos em 2018. Isso, conforme explica, dependerá de aprovação de legislação sobre o uso e ocupação do solo da região e de aprovações de projetos. “É provável que consigamos enviar projetos para a Câmara já entre os meses de fevereiro e março”, observa Botion.

Os secretário Tito Almirall (Desenvolvimento, Turismo e Inovação) e Matias Razzo (Urbanismo) cuidam do tema, na prefeitura.

(Fotos Adilson Silveira/Prefeitura de Limeira)


Voltar
SINCAF - Sindicato Patronal das Indústrias da Construção de Limeira
Base Territorial - Limeira (SP)
Rua Prefeito Marciliano, 304-A - Jardim Mercedes

Fones: (19) 3451-3665 | 3451-4606
contato@sincaf.com
Todos os direitos reservados - Desenvolvimento SPHERA