Prevenção e reciclagem reduzem risco de ocorrências

Prevenção, informação e reciclagem dos colaboradores. Essas são as ferramentas para evitar acidentes de trabalho, cujo tema foi discutido em maio, em Limeira, por representantes de 60 empresas participaram de um curso.

A realização do curso, no auditório da Unip, foi do Sindicato das Empresas de Construção de Limeira (Sincaf), com apoio da unidade local do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) e de sindicatos patronais como Sindijoias e Sicomércio.

“A legislação brasileira gera uma dispersão muito grande quando se fala de acidente de trabalho. O tema está na Constituição Federal, na CLT e nas normas previdenciárias”, disse o advogado e professor universitário João Batista dos Santos, que ministrou o curso de oito horas. “Esse panorama aponta a necessidade de reciclagem das informações para os empresários, gestores e prepostos. Há implicações civis e criminais numa ocorrência desse tipo”, afirmou Mário Botion, presidente do Sincaf.

Para João Batista dos Santos, que atua há mais de 40 anos na área, houve um avanço muito grande na questão da segurança do trabalho no País. Porém, ainda falta a prevenção, tanto no ambiente de trabalho como no cotidiano do brasileiro. “Muitas vezes o empregado se mostra descuidado. Em outras situações, as empresas pecam. Um exemplo é não fazer uma análise profunda da causa de acidentes, deixando isso para a Previdência Social”, afirmou.

Segundo o advogado, as ocorrências geram implicações penais e civis para as empresas. “Muitas vezes notamos que a questão é mal gerida ou mal interpretada, o que amplia os danos, já que o ônus da prova num processo jurídico nessa área cabe à empresa”, declarou.

A discussão sobre o tema gerou a presença de empresários e gestores de empresas de vários segmentos, como da construção, metalúrgico, automotivo e de joias.

“A obrigação de enxergar as responsabilidades é da empresa. O empresário deve garantir segurança ao trabalhador antes, durante e depois das atividades”, apontou Botion. “Muitas vezes se faz um treinamento na admissão do funcionário e depois não há mais nenhuma reciclagem. Prevenção também passa pela reciclagem”, afirmou Santos.


Voltar
SINCAF - Sindicato Patronal das Indústrias da Construção de Limeira
Base Territorial - Limeira (SP)
Rua Prefeito Marciliano, 304-A - Jardim Mercedes

Fones: (19) 3451-3665 | 3451-4606
contato@sincaf.com
Todos os direitos reservados - Desenvolvimento SPHERA